Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Manifestantes protestam em Londres após incêndio em prédio residencial que deixou 30 mortos. 16/06/2017 REUTERS/Peter Nicholls

(reuters_tickers)

Por Alistair Smout e Jamillah Knowles

LONDRES (Reuters) - Centenas de manifestantes gritando "queremos justiça" invadiram um prédio da prefeitura de Londres nesta sexta-feira, em um protesto realizado após incêndio em um edifício residencial da capital britânica que deixou ao menos 30 mortos.

Repórteres da Reuters no local viram os manifestantes rompendo uma porta automática no prédio da prefeitura para os bairros de Kensington e Chelsea e tentando subir para os andares superiores. A polícia barrou os manifestantes e houve confronto.

Os manifestantes gritavam "queremos justiça" e "vergonha" ao invadirem o prédio, enquanto um número maior de pessoas permaneceu do lado de fora.

Dezenas de policiais, incluindo da guarda montada, monitoravam o protesto. Os manifestantes estavam indignados pelo fato de nenhum representante da prefeitura ter comparecido para resolver suas demandas.

O incêndio no edifício Grenfell Tower, em Kensington, gerou revolta contra as autoridades. Moradores cobram respostas sobre como as chamas destruíram o prédio de 24 andares e exigem medidas de apoio para os desabrigados e informações sobre desaparecidos.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, visitou pessoas feridas nesta sexta-feira em um hospital, após ter sido duramente criticada por não ter ido visitar antes as vítimas da tragédia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters