Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Merkel cumprimenta presidente argentino Macri na Casa Rosada em Buenos Aires 8/6/2017 REUTERS/Marcos Brindicci

(reuters_tickers)

BUENOS AIRES (Reuters) - A União Europeia deverá fazer concessões se tiver a vontade de alcançar um acordo comercial com o Mercosul, disse nesta quinta-feira a chanceler alemã, Angela Merkel, em uma entrevista coletiva durante visita à Argentina.

Já o presidente argentino, Mauricio Macri, disse que o protecionismo da Europa no setor agrícola --um dos pilares econômicos do bloco sul-americano-- criará maiores dificuldades para que se aproxime de um pacto comercial.

Na entrevista, Merkel ressaltou que o isolamento dos países gera benefícios a curto prazo, mas não a longo prazo, como demonstra o caso da Argentina, onde o governo populista que governou o país por mais de uma década deixou o poder em 2015 com um alto déficit fiscal e uma economia impactada por falta de investimentos.

(Reportagem de Andrea Shalal e Caroline Stauffer)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters