Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e presidente da França, François Hollande, durante evento em Berlim. 27/01/2017 REUTERS/Axel Schmidt

(reuters_tickers)

BERLIM (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, François Hollande, ressaltaram a necessidade de unidade na Europa diante das ameaças internas e externas crescentes, incluindo a ascensão do populismo no continente e o risco de os Estados Unidos abandonarem o livre comércio.

"A Europa enfrenta grandes desafios internos e externos que... só podemos dominar trabalhando juntos", disse Merkel durante pronunciamento à imprensa com Hollande nesta sexta-feira.

"Precisamos de um compromisso claro e comum com a União Europeia, com o que conquistamos e com os valores de nossas democracias liberais e democráticas", acrescentou.

Hollande disse que o crescimento dos populistas na Europa é uma grande ameaça à UE.

"Para ser bem honesto, o que ameaça a Europa não vem só de fora. Também vem de dentro. Isso significa a ascensão de extremistas que usam fatores externos para causar distúrbio internamente", afirmou.

(Por Andrea Shalal e Joseph Nasr)

Reuters