Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Chanceler alemã, Angela Merkel 03/03/2017 REUTERS/Zoubeir Souissi

(reuters_tickers)

WASHINGTON (Reuters) - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, irá viajar a Washington em 14 de março para se reunir com o presidente Donald Trump, no primeiro encontro entre os dois após um início turbulento nas relações por desacordos sobre comércio, o banimento de viagens decretada por Trump e os comentários sobre a mídia feitos pelo republicano.

Uma autoridade norte-americana anunciou a visita, que acontece pouco antes de um encontro na Alemanha de ministros das Finanças dos países que participam do G20 e irá ajudar a preparar o terreno para a visita de Trump à Alemanha em julho para encontro de líderes do G20.

O novo presidente norte-americano e Merkel emitiram um comunicado conjunto após telefonema em janeiro, destacando a importância da aliança da Otan e prometendo trabalharem juntos no combate ao terrorismo.

Poucos dias depois, Merkel criticou o banimento temporário de Trump a cidadãos de sete países de maioria muçulmana. Ela também destacou repetidamente a importância de uma imprensa livre quando perguntada sobre comentários negativos de Trump a respeito da mídia.

Merkel tinha boa relação com o antecessor de Trump, o democrata Barack Obama.

O encontro entre Trump e Merkel deve cobrir uma ampla gama de questões, incluindo economia global, comércio, luta contra Estado Islâmico, Otan e laços com Rússia e China.

(Reportagem de Steve Holland; Reportagem adicional de Andrea Shalal, em Berlim)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters