Reuters internacional

CABUL (Reuters) - Uma mesquita na capital afegã, Cabul, foi alvo no final de quinta-feira (horário local) do que o Ministério do Interior classificou de um "ataque terrorista".

O porta-voz do Ministério, Najib Danesh, disse que a polícia foi enviada para a cena de um aparente ataque suicida e que há vítimas.

O ataque ocorreu quando mesquitas ao redor da cidade estavam lotadas por uma noite de observância religiosa como parte do mês sagrado islâmico do Ramadã.

A mesquita Al Zahra é usada pela minoria xiita de Cabul, que foi alvo de atentados suicidas no passado, incluindo um ataque a uma mesquita xiita em novembro que matou mais de 30 pessoas.

Os militantes do Estado islâmico se responsabilizaram por aquele ataque, bem como um ataque anterior em julho passado que matou mais de 80 pessoas em uma manifestação principalmente xiita.

(Por Hamid Shalizi)

Reuters

 Reuters internacional