Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

GAZA (Reuters) - Militantes retomaram o lançamento de mísseis contra Israel a partir de Gaza cerca de duas horas após o fim do cessar-fogo de 12 horas, informou o braço armado do grupo islâmico Hamas.

A polícia israelense informou que as sirenes de alerta soaram em todo o país quando os mísseis foram disparados.

Israel havia informado que prolongaria a trégua em quatro horas, mas o Hamas disse que não havia concordado.

O Ministério da Saúde de Gaza informou que um homem foi morto ao sul da Faixa de Gaza, como resultado de tiros de tanques e que deve ser a primeira vítima fatal após a ruptura do cessar-fogo. Mais de mil moradores de Gaza, a maioria civis, morreram em 19 dias de combates. Quarenta soldados israelenses e três civis foram mortos.

Após o cessar-fogo começar nesta manhã, moradores de Gaza aproveitaram a calmaria para recuperar seus mortos e estocar comida, inundando as ruas onde se viam cenas de destruição em massa em algumas áreas.

O gabinete de segurança de Israel reuniu-se para discutir mais esforços internacionais, lideradas pelo secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, para garantir uma trégua mais duradoura, mas pelo menos um ministro disse que a operação militar deve ser ampliada.

Reuters