Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

MADRI (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores da Espanha informou nesta segunda-feira que pediu que o embaixador da Coreia do Norte deixe a Espanha antes do final do mês devido às repetidas recusas de seu país para renunciar ao programa de armas nucleares.

"Hoje, o embaixador norte-coreano foi convocado e informado da decisão de considerá-lo persona non grata, por isso ele deve deixar de trabalhar e abandonar o país antes de 30 de setembro", disse o ministério em um comunicado.

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas impôs novas sanções após o sexto e maior teste nuclear da Coreia do Norte neste mês, e os Estados Unidos pediram aos países que cortem os laços diplomáticos e financeiros com o país asiático.

(Reportagem de Angus Berwick)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters