Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LIMA (Reuters) - O ministro da Economia do Peru, Alfredo Thorne, disse no domingo que tem a confiança do presidente Pedro Pablo Kuczynski e que não renunciará, em resposta a pedidos para que deixe o cargo e à ameaça de censura por parte do Congresso dominado pela oposição.

Em várias mensagens pela rede social Twitter, Thorne disse que não se pode gerar incerteza sobre a gestão da economia, enquanto a oposição pede sua saída sob a acusação de exercer pressão para favorecer um contrato de construção de um aeroporto, o que o ministro nega.

Thorne se defendeu na sexta-feira das acusações,mas não convenceu os opositores, incluindo os do partido de direita Fuerza Popular, do ex-presidente Alberto Fujimori, que domina o Congresso.

(Por Marco Aquino)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters