Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, na Casa Branca, em Washington 30/06/2017 REUTERS/Carlos Barria

(reuters_tickers)

SEUL (Reuters) - O presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e seu colega norte-americano, Donald Trump, concordaram nesta segunda-feira em retirar o limite de peso das ogivas dos mísseis da Coreia do Sul, logo após o sexto teste nuclear da Coreia do Norte, informou o gabinete presidencial sul-coreano.

De acordo com o atual acordo de mísseis entre Estados Unidos e Coreia do Sul, as ogivas dos mísseis sul-coreanos têm um limite de 500 kg.

Os dois presidentes tomaram a decisão durante um telefonema, segundo comunicado da Casa Azul, no qual eles também concordaram que agora é a hora de aplicar pressão e sanções mais pesadas contra a Coreia do Norte e que sanções mais fortes serão buscadas na ONU.

A Coreia do Sul disse anteriormente nesta segunda-feira estar conversando com os Estados Unidos sobre mobilizar porta-aviões e bombardeiros estratégicos para a península coreana, após sinais de que a Coreia do Norte poderia lançar mais mísseis.

(Reportagem de Christine Kim)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters