Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

RIMINI, Itália (Reuters) - O Movimento 5 Estrelas, partido político anti-establishment italiano que vem tendo bons resultados nas pesquisas eleitorais, nomeou Luigi Di Maio, de 31 anos, para liderar o partido nas eleições parlamentares do próximo ano. 

Di Maio, vice-presidente da câmara baixa do país, é o nome mais proeminente do partido, um político popular que vem sendo preparado para a liderança do movimento nos últimos anos pelo fundador do 5 Estrelas, o comediante de 69 anos Beppe Grillo.

Jovial e sempre impecavelmente vestido, de terno e gravata, Di Maio representa uma imagem mais moderada em contraste com a de Grillo, que é famoso por suas tiradas ácidas contra a elite governante italiana.

"Vocês me deram uma enorme responsabilidade. Eu asseguro que vou realizá-la com disciplina e honra", disse Di Maio aos membros do movimento neste sábado, no encontro anual do partido na cidade de Rimini, na costa do Mar Adriático.

"Eu prometo que formarei uma equipe de governo da qual teremos orgulho pela primeira vez em nossa história."

Grillo, que vinha atuando como líder de fato do Movimento 5 Estrelas, agora deverá se retirar gradualmente dos holofotes políticos.

"Eu sempre serei como um pai para todos vocês, mas estou velho", disse ele durante o encontro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters