Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BRUXELAS (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse aos demais líderes da Otan nesta quinta-feira que os EUA nunca irão parar de combater o terrorismo, e chamou o ataque desta semana em Manchester de "selvagem" e "bárbaro".

Ao mesmo tempo em que acusou membros da Otan que investem poucos recursos na aliança de estarem devendo dinheiro à aliança, Trump disse que ele e aliados irão derrotar os militantes, e fez um apelo a todos os países para que façam sua parte.

"Nunca iremos recuar em nossa determinação de derrotar o terrorismo e alcançar segurança, prosperidade e paz duradouras", disse Trump após inaugurar um memorial às vítimas dos ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos na sede da Otan.

"O terrorismo precisa ser interrompido ou... o terror que vocês viram em Manchester e em tantos outros lugares vai continuar para sempre", disse Trump, fazendo referência ao ataque de um homem-bomba na cidade inglesa que matou 22 pessoas nesta semana.

(Reportagem de Robin Emmott, Gabriela Baczynska, Steve Holland)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters