Por Alex Dobuzinskis

LOS ANGELES (Reuters) - O Opportunity, uma sonda incrivelmente durável da Nasa criado para percorrer a superfície de Marte durante três meses, parou de se comunicar com a Terra depois de 15 anos de serviço, disseram autoridades na quarta-feira, encerrando uma missão que surpreendeu a agência.

Os engenheiros perderam contato com o veículo movido a energia solar no dia 10 de junho, durante uma tempestade de areia que cercou o planeta. Desde então, autoridades da Nasa fizeram numerosas tentativas para contatar a sonda de seis rodas, que tem o tamanho aproximado de um carrinho de golfe.

O equipamento do Opportunity pode ter sido afetado pela tempestade, que ocorreu quando a sonda estava em um local chamado Vale da Perseverança e bloqueou a luz solar necessária para os painéis solares do robô, segundo autoridades.

O veículo foi feito para percorrer um quilômetro, mas acabou cobrindo 45 quilômetros e durando mais tempo do qualquer outro enviado à superfície do planeta vermelho.

Na terça-feira, engenheiros enviaram uma transmissão em uma última tentativa de religar a sonda, mas não tiveram resposta, explicou Thomas Zurbuchen, administrador associado da Missão Científica Diretório da Nasa.

"É com um sentimento de apreço e gratidão profundos que declaro a missão Opportunity encerrada", disse Zurbuchen durante uma apresentação em vídeo ao vivo do Laboratório de Propulsão a Jato de Pasadena, no Estado norte-americano da Califórnia.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.