Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

(Reuters) - Pesquisadores encontraram os destroços do navio de guerra dos EUA Indianapolis, que foi afundado por um torpedo japonês nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial, a mais de 18 mil pés (5,5 quilômetros) abaixo da superfície do Oceano Pacífico, informou a Marinha.

O navio estava retornando de sua missão para entregar componentes da bomba atômica que logo seria lançada na cidade japonesa de Hiroshima, quando foi atingido no norte do Oceano Pacífico por um submarino japonês, em 30 de julho de 1945.

A embarcação afundou em 12 minutos, de acordo com o Comando da História Naval e Patrimônio, em Washington.

Cerca de 800 dos 1.196 membros da tripulação a bordo sobreviveram ao naufrágio, mas apenas 316 foram resgatados vivos cinco dias depois, com o restante morrendo por desidratação, afogamento e ataques de tubarões.

Depois que um historiador da Marinha descobriu novas informações em 2016 sobre os últimos movimentos do navio de guerra que apontaram para uma nova área de busca, uma equipe de pesquisadores civis liderada por Paul Allen, cofundador da Microsoft, passou meses procurando naquela região.

Com um navio equipado com equipamentos que podem vasculhar as profundezas do oceano, integrantes da equipe de Allen encontraram os destroços em algum lugar no mar filipino na sexta-feira, disse Allen em um comunicado em seu site.

O comunicado disse que a Marinha pediu a Allen para manter a localização precisa como confidencial.

Allen disse que a descoberta é uma forma de homenagear os marinheiros que, segundo ele, tiveram um papel vital no fim da Segunda Guerra Mundial.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters