Reuters internacional

Imigrantes são resgatados no Mar Mediterrâneo 20/10/2016 Yara Nardi/Italian Red Cross press office

(reuters_tickers)

A BORDO DO PHOENIX (Reuters) - Grupos de ajuda humanitária que operam navios de resgate no litoral da Líbia resgataram mais de 700 imigrantes de sete barcos frágeis e superlotados nesta quarta-feira, informou a Guarda Costeira da Itália.

O navio de resgate Phoenix, operado pela organização não-governamental Moas, sediada em Malta, recolheu mais de 300 pessoas de três barcos localizados em águas internacionais na costa da cidade líbia de Sabratha.

O Aquarius, operado pela SOS Méditerranée e pelos Médicos Sem Fronteiras, foi ao socorro de quatro botes de borracha, disse um porta-voz da Guarda Costeira italiana, que coordena os resgates.

O número de imigrantes que partem do norte da África pelo mar rumo à Itália aumentou cerca de 30 por cento neste ano, de acordo com dados oficiais divulgados na semana passada.

Cerca de 600 pessoas morreram tentando alcançar as praias italianas neste ano, disse a Organização Internacional para as Migrações (OIM). Nenhum corpo foi encontrado nesta quarta-feira, relatou a Guarda Costeira.

(Por Darrin Zamitt)

Reuters

 Reuters internacional