Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policiais forenses procuram por provas perto da área onde uma van atropelou pedestres na avenida Las Ramblas, em Barcelona 18/08/2017 REUTERS/Sergio Perez

(reuters_tickers)

PARIS (Reuters) - Não foram encontradas ligações entre os suspeitos de realizarem o ataque de quinta-feira em Barcelona com a França, afirmou o ministro do Interior francês, Gérard Collomb.

"Por enquanto, nós passamos a lista dos envolvidos pela nossa base de dados. Nós não identificamos, por enquanto, que qualquer dos indivíduos pode ter estado na França, mas confirmações adicionais serão necessárias", disse.

Ao menos treze pessoas morreram depois que um suposto militante islâmico atropelou multidões com uma van em Barcelona.

(Reportagem de Sudip Kar-Gupta e Emmanuel Jarry)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters