Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Papa Francisco beija estátua do menino Jesus durante missa na basília de São Pedro, no Vaticano. 06/01/2017 REUTERS/Stefano Rellandini

(reuters_tickers)

VATICANO (Reuters) - O papa Francisco ofereceu a 300 sem-teto e refugiados um sanduíche e algo para beber como forma de agradecê-los por ajudar na entrega de panfletos religiosos, em uma missa celebrada no Dia de Reis, nesta sexta-feira.

O piquenique, anunciado pelo gabinete de caridade do papa, foi o gesto mais recente do líder católico para ajudar os mais necessitados, algo que ele tornou parte central de seu papado. 

Francisco já chegou a ordenar que banhos para os sem-teto fossem disponibilizados na praça de São Pedro, e ofereceu 1.500 pizzas napolitanas a eles após a canonização de Madre Teresa no ano passado. 

Em 6 de janeiro, cristãos celebram o Dia de Reis, em referência à história bíblica de três sábios que viajaram seguindo uma estrela para encontrar o menino Jesus.

Falando da janela do Palácio Apostólico do Vaticano, Francisco comparou os presentes os quais os sábios —os chamados Reis Magos— levaram a Jesus aos panfletos entregues para cerca de 35 mil fiéis na praça de São Pedro.

“Pensei em dar a vocês um pequeno presente também. Não tenho os camelos, mas vou dar-lhes o presente”, disse. “Desejo a vocês um ano de justiça, de perdão, de serenidade, mas, acima de tudo, de misericórdia”.

(Por Isla Binnie)

Reuters