Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Moradores assistem show de fogos de artifício em celebração do Dia da Independência, em Connecticut, nos Estados Unidos. 01/07/2017 REUTERS/Adrees Latif

(reuters_tickers)

Por Daniel Trotta

(Reuters) - Os norte-americanos irão comemorar o Dia da Independência nesta terça-feira com fogos de artifício, exibições de gula e escapadas à praia -- inclusive em Nova Jersey, onde parlamentares fecharam um acordo de última hora para reabrir parques estaduais.

Em respeito à tradição, cidades de todo o país irão soltar fogos de artifício ao anoitecer, talvez a maneira mais emblemática de comemorar o dia 4 de julho de 1776, quando a Declaração de Independência das colônias norte-americanas do Reino Unido foi adotada.

O documento consagra os direitos à vida, à liberdade e à busca da felicidade, o que hoje, em muitas cidades dos EUA, envolve competições nas quais as pessoas disputam quem consegue engolir mais cachorros-quentes e hambúrgueres mais rápido.

Em Washington, um restaurante especializado em hambúrguer está desafiando os competidores a consumirem tantos sanduíches quanto for possível em 10 minutos, e na cidade de Nova York um estabelecimento próximo do rio irá sediar um torneio que testa alguns dos mais formidáveis devoradores de salsicha alemã do mundo.

Os norte-americanos devem ir em grande número às praias, especialmente no oeste, onde o clima está quente e seco, enquanto a parte leste do país deve ter tempestades de raio dispersas.

Em Nova Jersey, uma batalha orçamentária suspendeu serviços não essenciais, provocando o fechamento de praias e parques, mas na noite de segunda-feira os parlamentares encerraram uma paralisação de três dias do governo estadual.

Os moradores do Maine também estão enfrentando uma paralisação governamental parcial, mas seus parques estaduais continuam abertos. Maine e Nova Jersey são dois de nove Estados que descumpriram o prazo para a aprovação do orçamento.

Uma comemoração informal de paz e amor irá marcar o feriado na Floresta Nacional Malheur, do Oregon. Até segunda-feira a Reunião Familiar Arco-Íris já havia atraído quase 12 mil pessoas, e milhares mais devem comparecer para o 4 de julho, disse Ryan Nehl, administrador da floresta.

Professando a ausência de líderes e de organização, as famílias celebram o Dia da Independência com "cuidados com a mãe terra, a não-violência e a vida compassiva e amorosa", de acordo com um blog associado ao evento.       

O presidente dos EUA, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, devem comparecer a um piquenique para famílias de militares no Gramado Sul da Casa Branca e mais tarde assistir uma queima de fogos de 18  minutos.

Reuters