Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Avril Ormsby
LONDRES (Reuters) - Os Jogos Olímpicos de 2012 em Londres devem representar o maior desafio da Grã-Bretanha em termos de segurança desde a 2a Guerra Mundial, afirmou um ministro do governo britânico nesta terça-feira.
O ministro da segurança, Alan West, disse que os preparativos da Grã-Bretanha estão em "boa forma", mas houve um aumento nas restrições financeiras por conta da crise global.
"Não somos complacentes... não subestimamos a escala do desafio olímpico", disse ele em um seminário sobre a segurança dos Jogos no Royal United Services Institute, em Londres.
Os 30 locais de competição em Londres e outras cidades devem atrair líderes mundiais e 500.000 espectadores por dia, além de milhares de atletas e dirigentes esportivos.
Os Jogos ainda serão um ímã para grupos de protesto tentando trazer suas mensagens aos bilhões de telespectadores.
A segurança tem sido uma grande preocupação nas Olimpíadas desde que, em 1972, 11 membros da delegação israelense foram mortos nos Jogos de Munique após serem feitos reféns por atiradores palestinos.
O papel da Grã-Britânica no Iraque e no Afeganistão, como grande aliado dos Estados Unidos, também a torna um alvo em potencial para grupos militantes islâmicos.
Em julho de 2005, um dia depois de Londres ganhar o direito de sediar a Olimpíada de 2012, quatro jovens britânicos muçulmanos mataram 52 pessoas em um ataque suicida na rede de transporte da capital.
"Desde esse evento trágico, o Reino Unido continuou a enfrentar um grande nível de ameaça terrorista -- acreditamos que essa ameaça continuará até o verão de 2012", disse West, ex-chefe da Marinha Real.
"Os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012 prometem ser o maior evento esportivo da história da Grã-Bretanha e possivelmente o maior desafio de segurança que a Grã-Bretanha enfrenta desde a 2a Guerra Mundial", acrescentou.
Alguns especialistas afirmam que a Grã-Bretanha deva gastar pelo menos duas vezes o 1 bilhão de dólares previstos para a segurança dos Jogos.

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

Reuters