Reuters internacional

NOVA DÉLHI (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que a Índia confirmou que há casos de Zika no país e que é preciso haver maiores esforços para frear a doença.

    A OMS informou que o Ministério da Saúde da Índia disse no dia 15 de maio que três casos foram confirmados no Estado de Gujarat, no oeste do país. Eles foram detectados durante testes em fevereiro e novembro do ano passado, e um outro em janeiro deste ano, de acordo com o comunicado, distribuído na sexta-feira.

    Uma autoridade do Ministério da Saúde indiano afirmou que os Estados estão seguindo protocolos e que “não há por que se preocupar”. Em março, a pasta tinha confirmado um caso, o de janeiro, durante audiência no Parlamento indiano.

    “Essas descobertas sugerem uma baixa taxa de transmissão do vírus Zika e que novos casos podem ocorrer no futuro”, afirmou a OMS em comunicado publicado em seu website.

    “Sabe-se que o vírus Zika circula nas regiões do Sudeste Asiático, e tais descobertas não mudam a avaliação global de riscos”, acrescentou.

    A recente epidemia de Zika, um vírus transmitido por mosquitos, foi identificada no Brasil em 2015 e tem se espalhado por várias regiões do mundo.

    (Reportagem de Aditya Kalra)

Reuters

 Reuters internacional