Navigation

OMS diz que Covid-19 é, de longe, pior emergência global de saúde

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, durante entrevista coletiva em Genebra 03/07/2020 Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 27. julho 2020 - 11:56

GENEBRA (Reuters) - A pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de 16 milhões de pessoas em todo o mundo, é facilmente a pior emergência global de saúde já enfrentada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), disse nesta segunda-feira o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Gebreyesus.

Somente com a adesão estrita às medidas de saúde, desde o uso de máscaras até evitar aglomerações, o mundo será capaz de vencer a pandemia, acrescentou Tedros em uma entrevista coletiva virtual em Genebra.

"Onde essas medidas são seguidas, os casos caem. Onde elas não são, os casos sobem", disse ele, ao elogiar China, Alemanha e Coreia do Sul por controlarem seus surtos.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.