Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

GENEBRA (Reuters) - A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu nesta sexta-feira que um corredor humanitário seja estabelecido na Faixa de Gaza para permitir a retirada de feridos e entrada de medicamentos vitais.

Em um comunicado, a agência de saúde da ONU disse que quatro hospitais, incluindo o hospital Aqsa, localizado na faixa litorânea, foram danificados no conflito que começou no dia 8 de julho, quando Israel deu início aos ataques aéreos, seguidos pela invasão por terra.

"A OMS pede a criação de um corredor humanitário para a retirada dos feridos, assim como para o suprimento de medicamentos vitais. O corredor humanitário deve se estender também à proteção da passagem segura de pacientes para que acessem pontos de travessia e deixem a Faixa de Gaza para receber tratamento médico", diz o texto.

(Reportagem de Stephanie Nebehay)

Reuters