Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BERLIM (Reuters) - A operadora ferroviária da Alemanha Deutsche Bahn disse neste sábado que seu sistema foi infectado por um ataque global cibernético que causou problemas em quase 100 países.

A empresa disse em comunicado que os serviços de trem não foram interrompidos, mas alguns painéis eletrônicos nas estações que anunciam chegadas e partidas foram afetados.

Imagens publicadas online por passageiros mostraram janelas vermelhas aparecendo em anúncios, com uma mensagem exigindo o pagamento em dinheiro para que o acesso fosse restaurado.

A Deutsche Bahn disse que estava trabalhando para corrigir o problema.

O ministro do Interior da Alemanha, Thomas de Maiziere, disse que os sistemas de computação do governo não foram afetados.

O ataque cibernético atingiu a empresa internacional de entregas FedEx e sistema de saúde do Reino Unido, entre vários outros alvos. Investigadores na empresa de programas de segurança Avast disseram que identificaram 57.000 infecções em 99 países, com Rússia, Ucrânia e Taiwan como principais alvos.

Os hackers usaram programas que exigiam pagamentos cobrando de 300 a 600 dólares para restaurar o acesso aos sistemas atacados.

As vítimas foram levadas a abrir anexos maliciosos em e-mails de spam que pareciam conter pagamentos, ofertas de emprego, avisos de segurança e outros arquivos legítimos. Quase 100 países foram impactados. 

Os piores ataques foram reportados pelo Reino Unido, onde hospitais e clínicas foram forçadas a recusar pacientes, após perderem acesso aos computadores.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters