Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

BRUXELAS (Reuters) - A Otan disse nesta sexta-feira que a Rússia, embora peça por uma redução na escala do conflito na Ucrânia, na verdade tem inflamado a situação no país vizinho.

A porta-voz da Otan, Oana Lungescu, disse que a aliança militar estava checando os relatos de testemunhas oculares, publicados em dois jornais britânicos nesta sexta-feira, os quais afirmavam que pelo menos 23 veículos militares russos haviam cruzado a fronteira e adentrado território ucraniano durante a noite.

“Se confirmado, isso representa mais evidências de que a Rússia está fazendo o oposto do que diz. A Rússia tem escalado o conflito, mesmo que peça por uma desescalada”, disse ela em resposta a uma pergunta da Reuters. 

“É hora de a Rússia fazer o que diz que quer, que é contribuir para uma solução pacífica. A Rússia precisa retirar suas tropas, para o fluxo de armas e combatentes através da fronteira com a Ucrânia, parar de apoiar os separatistas e realizar um diálogo genuíno e sincero com a Ucrânia."

(Por Adrian Croft)

Reuters