Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Secretário-geral da Otan Anders Fogh Rasmussen durante entrevista com a Reuters em Bruxelas. 11/08/2014 REUTERS/Yves Herman

(reuters_tickers)

COPENHAGUE (Reuters) - O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, disse nesta sexta-feira que uma "incursão russa" dentro da Ucrânia aconteceu durante a noite, mas não chegou a caracterizar o ocorrido como uma invasão.

"Na noite passada nós vimos uma incursão russa, uma travessia da fronteira ucraniana", disse ele a repórteres após encontro com o ministro da Defeda da Dinamarca.

"Isso apenas confirma o fato de que vemos um fluxo contínuo de armas e combatentes da Rússia para o leste da Ucrânia e é uma clara demonstração do contínuo envolvimento russo na desestabilização do leste da Ucrânia", disse o chefe da Otan, que é dinamarquês.

Mais cedo, repórteres britânicos disseram ter visto veículos militares russos atravessando a fronteira da Ucrânia.

(Reportagem de Teis Jensen)

Reuters