Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Papa Francisco chega à Praça São Pedro, no Vaticano 08/11/2017 REUTERS/Alessandro Bianchi

(reuters_tickers)

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco repreendeu nesta quarta-feira padres e bispos que tiram fotos com seus celulares durante missas, dizendo que, ao invés disso, deveriam se concentrar em Deus.

"O padre diz 'elevem seus corações'. Ele não diz 'elevem seus celulares para tirar fotos'", disse Francisco a dezenas de milhares de pessoas em sua audiência semanal na Praça de São Pedro, referindo-se a uma prece de comunhão da missa da Igreja Católica.

Nos comentários improvisados, ele classificou o uso de celulares durante missas de "uma coisa muito feia", acrescentando: "Fico muito triste quando celebro (a missa) aqui na piazza ou na basílica e vejo tantos celulares erguidos. Não só pelos fiéis, mas também por alguns padres e até bispos!"

"A missa não é um espetáculo... então lembrem, nada de celulares", disse, provocando risadas e aplausos na multidão.

Francisco, líder dos 1,2 bilhão de católicos do mundo, vem exortando os fiéis com frequência a serem mais espiritualizados, e seus padres e bispos a serem mais humildes.

Pouco depois de sua eleição, em 2013, ele disse que lhe causava sofrimento ver padres dirigindo carros vistosos e ansiosos para usar o smartphone mais moderno.

O papa é conduzido em um Ford Focus azul simples, e não foi visto usando um celular em público desde que foi eleito.

         (Por Philip Pullella)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters