Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

HELSINQUE (Reuters) - O Parlamento da Finlândia rejeitou nesta sexta-feira uma petição de cidadãos pedindo a revogação de uma lei que irá permitir o casamento de pessoas do mesmo sexo, garantindo o futuro da medida que entra em vigor no mês que vem.

Na votação desta sexta, 120 membros do Parlamento se opuseram à petição, enquanto 48 deles apoiaram.

"É isso! O parlamento confirma que o casamento de pessoas do mesmo sexo é 100 por cento certo daqui até a eternidade. Felizes bodas", escreveu o líder do Partido Verde, Ville Niinisto, no Twitter após a votação.

A lei, aprovada em 2014 pela Legislatura anterior, irá encerrar a distinção entre uniões do mesmo sexo e casamentos heterossexuais, dando aos casais homossexuais direitos iguais para adotar crianças e dividir um sobrenome.

A Finlândia era o único país nórdico que ainda não havia reconhecido o casamento de pessoas do mesmo sexo, embora casais gays tenham permissão de registrar suas parcerias desde 2002.

(Por Jussi Rosendahl e Tuomas Forsell)

Reuters