Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LONDRES (Reuters) - O ministro do Brexit, David Davis, disse que o parlamento não deve vetar a decisão da Grã-Bretanha de deixar a União Europeias, pedindo aos legisladores que rejeitem as propostas de mudanças nas leis que dão à primeira-ministra Theresa May o poder de iniciar negociações para a saída.

Davis pediu aos legisladores na Câmara Baixa eleita do parlamento para derrubar as mudanças feitas na semana passada pela Câmara Superior do parlamento, que procura dar aos políticos mais poderes para rejeitar os termos finais da saída da Grã-Bretanha. 

"O que não podemos ter é uma casa do parlamento que reverta a decisão do povo britânico - eles não têm um veto", disse Davis.

Reuters