Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LIMA (Reuters) - O governo do Peru declarou nesta segunda-feira persona "non grata" o embaixador da Coreia do Norte, Kim Hak-Chol, e lhe deu cinco dias de prazo para que deixe o país, em demonstração de rejeição e condenação aos testes nucleares do país asiático.

A decisão foi adotada porque a Coreia do Norte vem "ignorando os constantes pedidos da comunidade internacional para cumprir suas obrigações internacionais, respeitar o Direito Internacional e finalizar de maneira irreversível e verificável seu programa nuclear", disse o Ministério das Relações Exteriores do Peru em comunicado.

(Reportagem de Marco Aquino)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters