Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Policia especial alemã posa para foto antes de cúpula do G20 em Hamburgo. 04/07/2017 REUTERS/Christian Charisius

(reuters_tickers)

BERLIM/HAMBURGO (Reuters) - A polícia da Alemanha apreendeu facas, tacos de beisebol e dispositivos incendiários em vários pontos de Hamburgo e arredores que aparentemente seriam utilizados em protestos anticapitalismo durante a cúpula do G20 na cidade alemã na sexta-feira e no sábado.

Autoridades estimam que aproximadamente 8 mil manifestantes irão se reunir em Hamburgo, enquanto a chanceler alemã, Angela Merkel, recebe os líderes do grupo formado pelas 20 economias avançadas e em desenvolvimento, disse o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, nesta terça-feira. Cerca de 20 mil policiais estarão em serviço.

"Há evidência de que os atos de violência ao redor da cúpula do G20 que nós tínhamos previsto e temido acontecerão", disse Ralf Martin Meyer, chefe da polícia de Hamburgo.

O policial Jan Hieber disse que a polícia provavelmente só encontrou uma pequena parte das armas que foram estocadas para uso nos protestos.

A polícia disse que os itens encontrados também incluem bastões, garrafas e latas que acredita estarem cheias de líquido inflamável, além de produtos químicos não identificados e máscaras de gás.

(Reportagem de Andrea Shalal e Reuters TV)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters