Reuters internacional

Por Michael e Holden

LONDRES (Reuters) - A polícia britânica divulgou no sábado uma foto de Salman Abedi na noite em que ele teria matado 22 pessoas em um atentado suicida em Manchester e disse acreditar que um apartamento no centro da cidade foi usado para montar a bomba.

"Sabemos que um dos últimos lugares onde Abedi esteve foi o apartamento no centro da cidade e de lá saiu para fazer o seu caminho para o Manchester Arena", disse o chefe de polícia da Grande Manchester, Ian Hopkins, e o coordenador nacional sênior do Reino Unido, Neil Basu, em uma declaração conjunta.

"O apartamento é altamente relevante como um local que acreditamos que pode ser o da montagem final para o dispositivo."

Hopkins e Basu disseram ter reunido informações significativas sobre Abedi, um britânico de 22 anos nascido de pais líbios, de como sua bomba foi construída, seus colaboradores, suas finanças, os lugares que ele tinha ido e a conspiração mais ampla.

Entretanto, a polícia precisa de toda informação que o público possa ter sobre seus movimentos em 18 de maio, quando ele retornou à Grã-Bretanha.

Eles disseram que a investigação não está desacelerando, com cerca de 1.000 funcionários envolvidos, e a prioridade é determinar se havia mais pessoas envolvidas no planejamento do ataque.

Reuters

 Reuters internacional