Reuters internacional

Policiais russos detém manifestante Ilya Yashin durante protesto anticorrupção organizado por líder de oposição Alexei Navalny, em Moscou. 12/06/2017 REUTERS/Sergei Karpukhin

(reuters_tickers)

MOSCOU (Reuters) - Policiais russos começaram a deter manifestantes anti-Kremlin na praça Pushkin, no centro de Moscou, nesta segunda-feira, utilizando megafones para orderná-los a dispersar.

Cerca de mil manifestantes começaram a se mover da praça em direção ao Kremlin, mas tiveram seus caminhos bloqueados por barreiras policiais na rua Tverskaya, a principal via de Moscou.

Um jornalista da Reuters no local viu aproximadamente 15 pessoas sendo detidas pela polícia.

O crítico do Kremlin Alexei Navalny, que organizou o protesto, foi detido perto da entrada de sua casa nesta segunda-feira, enquanto se dirigia ao local da manifestação.

(Reportagem de Maria Tsvetkova)

Reuters

 Reuters internacional