Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Bandeira da China, em Xangai 09/01/2015 REUTERS/Aly Song

(reuters_tickers)

PEQUIM (Reuters) - A China vai implementar uma política fiscal proativa e uma política monetária prudente no segundo semestre do ano, disse a agência de notícias oficial Xinhua, citando o Politburo, mais importante órgão decisório do Partido Comunista chinês, após uma reunião nesta segunda-feira.

A China vai fortalecer a coordenação da regulação fiscal, estabilizar o mercado de propriedades e evitar riscos financeiros sistêmicos, de acordo com comunicado divulgado após o encontro, que foi presidido pelo presidente Xi Jinping.

(Reportagem da Mesa de Monitoramento de Pequim)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters