Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Primeira-ministra britânica, Theresa May, durante evento em Londres 06/11/2017 REUTERS/Mary Turner

(reuters_tickers)

LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse nesta segunda-feira estar profundamente preocupada com a onda de alegações de assédio sexual no Parlamento e que vítimas de abuso precisam saber que suas queixas serão investigadas adequadamente.

May, cujo secretário de Defesa renunciou na última semana alegando que suas condutas no passado estavam longe do padrão esperado, disse a um público de empresários que no coração do crescente escândalo está a questão de uso e abuso de poder.

(Reportagem de Guy Faulconbridge)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters