Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, quer que o projeto de lei que lhe dá o direito de deflagrar as negociações para a saída do país da União Europeia seja aprovada pela câmara alta do Parlamento sem quaisquer mudanças, disse seu porta-voz nesta quarta-feira.

O plano de May para a saída britânica da UE, conhecida como Brexit, está enfrentando seu primeiro grande revés, com a Câmara dos Lordes caminhando para votar a proposta no final da quarta-feira em favor de forçá-la a garantir os direitos futuros de cidadãos de países da UE que vivem no Reino Unido.

"Esperamos ver o projeto avançar sem emendas", disse o porta-voz de May a repórteres.

O governo disse querer garantir as condições para os cidadãos de países da UE, mas afirma que só fará isso quando as nações do bloco concordarem em um acordo recíproco para os britânicos que vivem nesses países.

"A primeira-ministra tem sido clara em muitas ocasiões que essa é uma área importante para nós e é uma áres em que ela espera ver tratada como prioridade assim que as negociações começarem", disse ele.

(Reportagem de Kylie MacLellan)

Reuters