Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, informou neste domingo que sabe pouco sobre o plano do Reino Unido de deixar a União Europeia (UE), uma situação que considera "inaceitável" seis meses após o plebiscito.

Sturgeon, líder do Partido Nacional Escocês, que fez campanha para permanência no bloco, disse à BBC que o governo britânico precisa se comprometer com as negociações junto à UE para manter a Escócia ao seu lado, em vez de focar em imigração.

"Não desconsidere a Escócia", afirmou a premiê escocesa ao programa de Andrew Marr. "Eu não sinto como se eu soubesse mais hoje sobre os objetivos de negociação dela (Theresa May) do que sabia seis meses atrás e, provavelmente o que preocupa mais que isso, é que não estou segura se ela também sabe mais sobre os seus próprios objetivos de negociação".

Também neste domingo, a primeira ministra britânica, Theresa May, afirmou em sua primeira entrevista do ano que definirá sua estratégia para o Brexit nas próximas semanas.

(Por Paul Sandle)

Reuters