Navigation

Premiê líbio fecha acordo para retomar portos petroleiros de Ras Lanuf e Es Sider

Este conteúdo foi publicado em 02. julho 2014 - 21:01

TRÍPOLI (Reuters) - O primeiro-ministro interino da Líbia, Abdullah al-Thinni, disse nesta quarta-feira que o governo conseguiu um acordo para que os rebeldes que ocupam os portos de petróleo devolvam os dois últimos terminais e acabem com um bloqueio que arruinou a indústria de petróleo do país.

Thinni disse que o governo agora recuperou os portos de Ras Lanuf e Es Sider sem o uso da força em um acordo com Ibrahim Jathran, um ex-rebelde que antes lutou contra Muammar Gaddafi em 2011 e confiscou os terminais um ano atrás.

"Nós chegamos com sucesso a um acordo para solucionar a crise do petróleo. Nós recebemos hoje os portos de Ras Lanuf e Es Sider", disse Thinni durante uma conferência transmitida pela televisão no porto de Ras Lanuf.

(Reportagem Ahmed Elumami)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.