Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Premiação da Associação de Música Country dos Estados Unidos homenageia vítimas de ataque a tiros em Las Vegas, em Nashville 08/11/2017 REUTERS/Mario Anzuoni

(reuters_tickers)

(Reuters) - A premiação anual da Associação de Música Country dos Estados Unidos (CMA, na sigla em inglês), misturou reflexões sobre eventos trágicos recentes, como um ataque a tiros em Las Vegas, com apresentações arrasadoras de grandes astros musicais e até uma dose de humor político, na noite de quarta-feira.

Eric Church abriu a transmissão do evento em Nashville, exibido pela rede ABC, com uma interpretação do clássico "Amazing Grace".

Church foi acompanhado por Keith Urban e Darius Rucker, que comandaram um elenco de astros de primeiro escalão da música country, como Lady Antebellum, Tim McGraw e Faith Hill, Reba McEntire e Luke Bryan, em uma versão emocionante de "Hold My Hand".

Os anfitriões veteranos Brad Paisley e Carrie Underwood tomaram as rédeas, e a segunda declarou: "Este está sendo um ano marcado por tragédias que impactaram inúmeras vidas, incluindo muitas na nossa família da música country".

Underwood se referia aos massacres em Las Vegas e Sutherland Springs, no Texas, a ataques fatais com carros em Nova York e Charlottesville, na Virgínia, e às tempestades que assolaram Texas, Flórida e Porto Rico.

"Esta noite", afirmou, "faremos o que as famílias fazem, que é ficar juntos, orar juntos, chorar juntos e cantar juntos também".

Depois Paisley dedicou o 51º Prêmio CMA "a todos aqueles que perdemos, e a todos aqueles que ainda estão se curando. Amamos vocês e jamais os esqueceremos".

Com duas horas de show o CMA cumpriu essa promessa, encerrando um segmento que homenageou estrelas country que morreram neste ano ao exibir fotos e nomes das 58 pessoas mortas por um atirador em um festival de música country em Las Vegas no dia 1º de outubro.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters