Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Candidato presidencial francês líder das pesquisas, François Fillon. 09/01/2017 REUTERS/Charles Platiau

(reuters_tickers)

BERLIM (Reuters) - As sanções da União Europeia contra a Rússia são sem sentido, disse nesta segunda-feira o candidato presidencial francês líder das pesquisas, François Fillon, durante visita a Berlim, alertando para os riscos de Rússia e Estados Unidos firmarem laços que excluam a União Europeia.

Fillon, um conservador, disse que um gesto da Rússia seria necessário antes da retirada das sanções, acrescentando que a Ucrânia também não está fazendo o que seria necessário para garantir a paz.

"Estou convencido de que sanções econômicas são totalmente ineficientes", disse Fillon a repórteres após se encontrar com a chanceler alemã, Angela Merkel, em Berlim. "Precisamos encontrar outra forma de conversar".

"Eu não quero que Trump converse com a Rússia às nossas custas. Seria prejudicial para a Europa se Trump passasse por cima de nós, o que não é inconcebível", acrescentou.

(Reportagem de Sophie Louet)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters