Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente sul-africano, Jacob Zuma, durante entrevista 14/02/2018 Reuters TV via REUTERS

(reuters_tickers)

JOHANESBURGO (Reuters) - O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, renunciou nesta quarta-feira, atendendo a exigências do partido Congresso Nacional Africano (CNA) para encerrar nove anos de um governo marcado por escândalos.

Em um discurso de despedida à nação que durou 30 minutos, Zuma, de 75 anos, afirmou que não concordou com a forma como o CNA o forçou a renunciar depois da eleição de Cyril Ramaphosa como presidente do partido em dezembro.

(Por James Macharia)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters