Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

PARIS (Reuters) - O presidente da França, Emmanuel Macron, disse neste domingo que convenceu o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a manter tropas na Síria, uma vez que defendeu a participação da França nos ataques aéreos conjuntos.

Em telefonemas antes dos ataques aéreos de sábado, Macron disse ter convencido Trump a não sair da Síria. "Nós o convencemos de que era necessário permanecer lá", disse ele.

"Temos total legitimidade internacional para agir nesse contexto", disse Macron em entrevista transmitida pela BFM TV, pela rádio RMC e por mídia online. "Temos três membros do Conselho de Segurança (das Nações Unidas) que intervieram", afirmou.

(Por Laurence Frost e Michel Rose Editing)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.










Reuters