Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

LIMA (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o mandatário do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, falaram por telefone sobre como "fazer frente à deterioração da crise" da Venezuela, que enfrenta uma onda de protestos que já deixaram 37 mortos em um mês.

O governo de Lima disse neste domingo em comunicado que ambos os líderes tiveram uma conversa por telefone no sábado à noite em que o presidente Trump defendeu que os EUA deverão "trabalhar junto com o Peru em busca de melhorar as instituições democráticas e ajudar o povo da Venezuela".

Kuczynski e Trump expressaram em diversas ocasiões sua preocupação com a situação do vizinho sul-americano, que sofre com falta de medicamentos, alimentos e outros recursos, de acordo com o comunicado.

O governo dos EUA tem promovido uma série de contatos com países latino-americanos com o objetivo de buscar uma saída para a crise venezuelana, afirmou a nota de imprensa.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) pretende se reunir no final de maio para fixar uma posição sobre a Venezuela, onde a oposição protesta contra o governo socialista de Nicolás Maduro.

(Por Marco Aquino)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters