Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Por Ian Simpson

(Reuters) - O procurador-geral de Nova York está avaliando relatos de que a Eric Trump Foundation, entidade filantrópica do filho do presidente dos Estados Unidos, aplicou mais de 1 milhão de dólares originários de torneios de golfe para caridade em negócios de Donald Trump, disse um porta-voz da procuradoria nesta sexta-feira.

A revista Forbes informou nesta semana que a fundação de Eric Trump, segundo filho mais velho do presidente, fez pagamentos à Trump Organization para utilizar suas propriedades para eventos de caridade nos últimos anos, embora Eric tenha dito a doadores que o curso de golfe e outros ativos estavam sendo utilizados gratuitamente, e, assim, todo dinheiro arrecadado seria doado para ajudar crianças doentes.

A Forbes relatou que, com base em documentos da Eric Trump Foundation e outras organizações de caridade, mais de 1,2 milhão de dólares "tem destinatários não documentados além da Trump Organization".

Eric Soufer, porta-voz do procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman, disse em um email que seu gabinente estava avaliando as questões levantadas pela reportagem da Forbes.

O procurador não respondeu imediatamente a pedidos para dar mais detalhes sobre a análise.

A Forbes relatou que, embora doadores tenham sido informados que a Eric Trump Foundation ajudaria o Hospital de Pesquisas para Crianças de St. Jude em Memphis, Estado do Tennessee, a combater câncer pediátrico, mais de 500 mil dólares foram realocados para outras instituições de caridade, muitas delas em "conexão a membros da família Trump ou seus interesses", disse a Forbes.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters