Reuters internacional

MOSCOU, (Reuters) - Hackers americanos poderiam ter plantado provas falsas de que a Rússia interferiu nas eleições presidenciais dos EUA, disse o presidente Vladimir Putin de acordo com a NBC News neste sábado.

Funcionários da inteligência dos EUA disseram que a Rússia tentou interferir na eleição dos Estados Unidos ao hackear o Partido Democrata e assim influenciar o voto a favor de Donald Trump, uma acusação que o Kremlin negou diversas vezes.

Em entrevista ao programa "Sunday Night com Megyn Kelly" da NBC News, em uma prévia divulgada à mídia, Putin disse que hackers nos Estados Unidos poderiam ter feito parecer que a Rússia estava por trás da situação por razões políticas.

"Os hackers podem estar em qualquer lugar. Eles podem estar na Rússia, na Ásia, mesmo nos Estados Unidos, na América Latina", disse Putin. "Eles podem até ser hackers, a propósito, nos Estados Unidos, que com habilidade e profissionalismo, transferiram a culpa, como dizemos, para a Rússia".

Falando no principal Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo nesta sexta-feira, Putin disse que as acusações de hackeamento não passaram de "fofocas prejudiciais" e que qualquer evidência citada pela inteligência dos Estados Unidos poderia ter sido facilmente falsificada.

(Por Jack Stubbs)

Reuters

 Reuters internacional