Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, fala durante coletiva de imprensa conjunta com primeiro-ministro italiano, Gentiloni, em Sochi. 17/05/2017 REUTERS/Yuri Kadobnov

(reuters_tickers)

SOCHI, Rússia (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não passou informações confidenciais ao ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante um encontro em Washington na semana passada, e que pode comprovar sua afirmação.

Falando em uma coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, Putin brincou que Lavrov não tinha passado para ele o que chamou de segredos não existentes.

Putin disse que a Rússia está disposta a entregar uma transcrição do encontro de Trump com Lavrov a parlamentares norte-americanos se isso ajudar a tranquilizá-los.

Duas autoridades norte-americanas disseram na segunda-feira que Trump tinha revelado informações altamente secretas para Lavrov sobre uma operação planejada do Estado Islâmico, em mais uma polêmica envolvendo a Casa Branca desde que Trump assumiu o cargo.

(Reportagem de Denis Pinchuk, Jack Stubs e Maria Tsvetkova)

Neuer Inhalt

Horizontal Line


subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.

swissinfo.ch

Banner da página Facebook da swissinfo.ch em português

Reuters