Navigation

Putin diz que Ucrânia tem culpa em queda de avião por ter renovado campanha militar

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fala a repórteres durante uma reunião em Brasília, na quarta-feira. 16/07/2014 REUTERS/Alexei Nikolskyi/RIA Novosti/Kremlin reuters_tickers
Este conteúdo foi publicado em 17. julho 2014 - 22:21

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse na sexta-feira (horário local) que a Ucrânia tem responsabilidade pela queda de um avião de passageiros no leste do país, dizendo que o incidente não teria acontecido se Kiev não tivesse retomado uma campanha contra separatistas pró-Rússia.

"Essa tragédia não teria acontecido se houvesse paz na terra, ou, em qualquer caso, se operações militares no sudeste da Ucrânia não tivessem sido retomadas", disse ele em declaração transmitida pela TV.

"E sem dúvida o governo do território onde isso aconteceu tem responsabilidade por essa tragédia assustadora", acrescentou.

Putin disse ainda que pediu a autoridades russas para fazerem tudo que for possível para ajudar a investigar o acidente.

(Reportagem de Timothy Heritage)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.