Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Um leão em uma reserva natural em Pretória, na África do Sul. 29/06/2010 REUTERS/Enrique Marcarian

(reuters_tickers)

JOANESBURGO (Reuters) - Guardas-florestais sul-africanos estavam nesta segunda-feira à caça de quatro leões que escaparam do principal parque nacional da África do Sul, informaram autoridades.

Os leões fugiram do parque nacional Kruger, uma importante atração turística do país, na noite de domingo, e foram vistos pela última vez no vilarejo de Matsulu, informou a entidade responsável pelos parques nacionais da África do Sul em comunicado.

A área ao redor do Kruger contém vilarejos e fazendas que criam gado, colocando os rebanhos, assim como pessoas, em risco de um ataque.

Em maio, a agência capturou cinco leões que fugiram do mesmo parque. Em 2015, um leão chamado Sylvester passou por baixo de uma cerca elétrica em outro parque matando ovelhas por três semanas antes de ser capturado por guardas-florestais enquanto tirava um cochilo.

(Reportagem de Tiisetso Motsoeneng)

Reuters