Navigation

Rússia alerta na ONU contra pressão sobre investigação de queda de avião

Este conteúdo foi publicado em 18. julho 2014 - 18:45

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O embaixador da Rússia na ONU alertou o Conselho de Segurança da ONU nesta sexta-feira contra qualquer tentativa de pressão sobre a investigação a respeito da derrubada do avião da Malaysia Airlines, com 298 pessoas a bordo, na Ucrânia.

"É preciso uma investigação aberta e imparcial sobre o que aconteceu. Não deveria ser colocada nenhuma pressão sobre essa investigação, numa tentativa de prejulgar seus resultados com alegações genéricas e insinuações injustificáveis em uma situação tão difícil", disse o embaixador Vitaly Churkin.

(Reportagem de Michelle Nichols e Mirjam Donath)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.