Reuters internacional

Foto do homem que acredita-se ser o recluso líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, em Mosul. 05/07/2014 REUTERS/Redes Sociais via Reuters TV

(reuters_tickers)

MOSCOU (Reuters) - A Rússia não pôde confirmar se o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi morto em um ataque aéreo na Síria no mês passado, disse nesta terça-feira o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Gennady Gatilov, segundo a agência de notícias Interfax.

O governo russo afirmou na sexta-feira que suas Forças Armadas podem ter matado o líder máximo do Estado Islâmico, mas os Estados Unidos disseram que não podiam confirmar a morte e autoridades iraquianas se mostraram céticas.

(Reportagem de Katya Golubkova)

Reuters

 Reuters internacional