Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, em Moscou 26/01/216 REUTERS/Maxim Shemetov

(reuters_tickers)

(Reuters) - A Rússia mandou os Estados Unidos reduziram sua equipe diplomática no país até 1º de setembro e anunciou que está tomando a propriedade de imóveis usados pela diplomacia norte-americana em território russo, em retaliação pelas novas sanções dos EUA contra Moscou.

As medidas de retaliação russas, apresentadas em um comunicado do Ministério das Relações Exteriores, foram divulgadas depois que o Senado dos EUA aprovou novas sanções contra a Rússia, colocando o presidente norte-americano, Donald Trump, em uma situação delicada, em que terá que decidir se adota uma linha-dura com Moscou ou se veta a legislação contrariando seu Partido Republicano.

O Ministério das Relações Exteriores russo também alertou os EUA que irá responder se Washington decidir expulsar qualquer diplomata russo.

(Reportagem de Polina Devitt e Dmitry Solovyov)

Reuters