Navigation

Rebeldes ucranianos libertam segundo grupo de monitores da OSCE

Este conteúdo foi publicado em 28. junho 2014 - 20:04

DONETSK Ucrânia (Reuters) - Rebeldes separatistas pró-russos no leste da Ucrânia libertaram neste sábado o segundo grupo de quatro monitores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) que haviam sido sequestrados em 29 de maio, disse uma testemunha da Reuters.

Um correspondente da Reuters viu os quatro - três homens e uma mulher - sendo levados por homens fortemente armados até a entrada de um hotel na cidade oriental de Donetsk.

Eles saíram, apertaram as mãos de outros representantes da OSCE que os aguardavam e, em seguida, foram para o hotel.

Um primeiro grupo de monitores da OSCE, detido dias antes por separatistas pró-russos, tinha sido liberado na madrugada de sexta-feira.

(Por Aleksandar Vasovic)

Este artigo foi automaticamente importado do nosso antigo site para o novo. Se há problemas com sua visualização, pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, relate o problema ao seguinte endereço: community-feedback@swissinfo.ch

Partilhar este artigo

Participe da discussão

Com uma conta SWI, você pode contribuir com comentários em nosso site.

Faça o login ou registre-se aqui.